Receba notícias & boletins do blog FMPFASE

31 de maio de 2020

Boletim Epidemiológico: Acompanhe os casos de Covid-19 em Petrópolis, neste final de semana

Até o momento foram analisados 1133 casos na cidade. Deste total, 457 resultaram negativo, 562 positivos e 114 estão em análise. Há 82 pacientes internados na cidade, podendo ser casos positivos ou ainda em investigação esperando o resultado do teste. Até o momento podemos afirmar que temos 248 pessoas recuperadas do coronavírus e 47 óbitos no município. Esse número se refere as pessoas que estiveram internadas nas unidades hospitalares da cidade ou que se mantiveram em isolamento domiciliar e que, hoje, não apresentam mais os principais sintomas da doença. Todos os detalhes sobre o COVID-19 no município estão disponíveis no link: https://smspetropolis.net.br/graficoCovidCompleto.html Confira os boletins:

Saiba +

31 de maio de 2020

Em Dia Com a Saúde – O trabalho do Instituto Oswaldo Cruz no combate à pandemia

Criado para combater uma emergência em saúde pública, a epidemia de peste bubônica, o Instituto Oswaldo Cruz completa 120 anos enfrentando um novo desafio: a covid-19. Referência para a doença nas Américas junto à Organização Mundial da Saúde, o instituto atua na capacitação de profissionais, na produção de testes para diagnóstico, na busca por uma vacina e por alternativas de tratamento, e inúmeras outras frentes, em diversas linhas de pesquisa sobre o novo coronavírus em seus 72 laboratórios. Nesse esforço para combater a pandemia, também foi criado um hospital para atender 200 pacientes com covid-19. O diretor do IOC, José Paulo Gagliardi Leite, fala sobre a importância desse trabalho para a saúde pública.

Saiba +

30 de maio de 2020

Em Dia Com a Saúde – As próximas ondas da pandemia

O fim da primeira onda de contaminação pela Covid-19 não irá significar o término dos impactos na sociedade e no sistema de saúde. Médicos e pesquisadores já prevêem pelo menos outras três ondas, que irão pressionar igualmente os hospitais, profissionais e a infraestrutura disponível para assistência. A segunda onda seria a de pacientes com sequelas da doença. Já a terceira e a quarta ondas não estariam ligadas diretamente ao coronavírus: seriam consequências da pandemia. Com uma quantidade imensa de consultas e cirurgias adiadas, a demanda reprimida irá chegar às unidades de saúde logo em seguida. Também entrarão nessa lista os pacientes crônicos sem acompanhamento adequado e os casos agravados por falta de tratamento em seus estágios iniciais, como pequenos AVCs. Doenças psiquiátricas ou psicossomáticas formariam o último grupo, com casos crescentes de transtornos de ansiedade, depressão e também transtorno de estresse pós-traumático. O neurologista Eduardo Jorge Custódio explica como é […]

Saiba +

29 de maio de 2020

Boletim Epidemiológico: Sobe para 47 o número de óbitos pela Covid-19 em Petrópolis

A Secretaria de Saúde de Petrópolis, recebeu hoje, dois resultados confirmando mais dois óbitos por coronavírus em nosso município. Uma mulher de 68 anos e moradora do bairro Cascatinha. Deu entrada no Hospital Unimed em 11/05 e faleceu em 26/05. Paciente sofria de hipertensão arterial, artrite reumatóide e hipotireoidismo. Uma mulher de 82 anos e moradora do bairro Alto da Serra. Deu entrada no HMNSE também em 11/05 e faleceu na manhã de hoje, 29/05. Paciente sofria de hipertensão arterial. Até o momento foram analisados 1122 casos na cidade. Deste total, 457 resultaram negativo, 562 positivos e 103 estão em análise. Há 78 pacientes internados na cidade, podendo ser casos positivos ou ainda em investigação esperando o resultado do teste. Até o momento podemos afirmar que temos 214 pessoas recuperadas do coronavírus e 47 óbitos no município. Esse número se refere as pessoas que estiveram internadas nas unidades hospitalares da […]

Saiba +

29 de maio de 2020

Em Dia Com a Saúde – O monitoramento do esgoto para mapear a circulação do coronavírus

Um estudo da Fiocruz está monitorando a disseminação do coronavírus em Niterói a partir da análise de amostras do sistema de esgotos da cidade. Material genético do SARS-CoV-2 é eliminado pelas fezes de pessoas contaminadas pela Covid-19 e pode ser detectado através de exames moleculares. A pesquisadora Marize Pereira Miagostovich, chefe do Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz0, explica que o monitoramento do esgoto é um importante instrumento de vigilância, porque permite identificar precocemente regiões com presença de casos da doença, inclusive aqueles que estão assintomáticos ou em estágio inicial, ainda não notificados pelo sistema de saúde. Dessa forma, é possível direcionar políticas públicas mais eficazes e precisas de combate à pandemia.

Saiba +