Em Dia Com a Saúde – O monitoramento do esgoto para mapear a circulação do coronavírus

29 de maio de 2020

Um estudo da Fiocruz está monitorando a disseminação do coronavírus em Niterói a partir da análise de amostras do sistema de esgotos da cidade. Material genético do SARS-CoV-2 é eliminado pelas fezes de pessoas contaminadas pela Covid-19 e pode ser detectado através de exames moleculares. A pesquisadora Marize Pereira Miagostovich, chefe do Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz0, explica que o monitoramento do esgoto é um importante instrumento de vigilância, porque permite identificar precocemente regiões com presença de casos da doença, inclusive aqueles que estão assintomáticos ou em estágio inicial, ainda não notificados pelo sistema de saúde. Dessa forma, é possível direcionar políticas públicas mais eficazes e precisas de combate à pandemia.

Receba notícias & boletins do blog FMPFASE